Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

O negócio com fins lucrativos, onde o prazer, o divertimento e a luxúria se misturam.

 

A ideia surgiu no fim de um jantar descontraído em casa dos ilustres Dra.Maria dos Prazeres e seu Tone.

 

O plano, ou melhor (som de música siniiiiiiiiiiistra), "O Plano", é tão simples quão maquiavélico... (gargalhada do mesmo albúm da música no parêntises anterior)... Assim sendo, atraímos o publico alvo (vulgo, sem nada sinistro... agora, a vitima, o papalvo, o nabo,... enfim o badochas) com a promessa das melhores ameijoas do mundo, vá da Europa, enfim mais ou menos dos paises com mar, prontos,  rios... vá,  rias, pronto pocinhas,... mas das Grandes,... médias grandes,... pronto de Matosinhos!!! Vá da nossa rua!... a um dia da semana... (um dia qualquer).

 

Aquando da apresentação das Ameijoas à "Bolhão" Parvo, sugere-se de forma aleatória e totalmente à sorte, um jogo. Um qualquer, com fins meramente sociais, com o propósito de inclusão dos menos activos (sem conatação sexual), para a integração numa noite divertida dos mais imprimidos! (in "Hp vs Compaq")... segue-se uma discussão ensaiada, para que o jogo do Poker, seja após rápida e liminar rejeição, aceite por unanimidade e aclamação, sendo pelo papalvo proposto como condição sine qua non (in "latim p'ra labregum"), que o mesmo seja a dinheiro, pois senão "Onde está a graça?! o Fun! a melanina"...

 

Então após café e cigarro,... e depois de se cagar à pistola, (não fossem certos e determinados patés e lá se iam as noites no 21 pela sanita "hà baixo" (in "agás p'ra Valquirias"), sentam-se e nunca de outra forma (por causa do Karma),... à cabeceira... (musica erotico-pornográfica... assim ao estilo, José Alberto Reis) Ortlinde Sonotone!!!, imediatamente à sua direita (musica ironico-monogaffeca, assim ao estilo,... Iron Maiden acustico) Tonilde Politone!!! À direita deste ultimo,... a anfitriã, a Madame, a sôtôra, a ganda... mmmmmmm,.... como dizer, ladies and gentlemen from Stª Comba Dão:

Dra.Maria dos Prazeres!!! 

À frente desta, a unica, incomparavel, a cozinheira da Crab Manuveur, a Miss Preliminares,... Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brun!!! Brunhilde!!!

 

E entre esta e a outra Balquiria, em frente a Tonilde,... ele mesmo, le chef, o grão mestre da ordem da Ria d'Aveiro, o ameijinhas,... the one and only,... TOOOOOONE!!!! 

 

O Badochas, "mariquinhas pé de salsa", seria então levado pelo ambiente familiar e descontraído a apostar todo o seu espólio, como?! a estratégia é simples:

O Rei das Ameijinhas, num surto de loucura faz  "all in" e perde tudo numa só jogada, fazendo crer o nabo que se trata de amadores. Logo de seguida a ortlinde Sonotone, imita o Ameijinhas, dando como desculpa ainda não ter percebido a sequência de cores, ainda mais convencido fica o nosso badochas, enche o peito de ar, torna-se mais participativo ( aposta cada vez mais) e com aquele ar de quem está a pensar "isto vai ser como limpar o cú a meninos", mete-se  nos bluffs. Tudo a correr como o planeado.

 

Até que o badochinhas faz o seu "all in" e é aqui que o gang aplica o golpe de misericórdia....ou a cereja no topo do bolo. Brunhild na small blind usa de todo o seu charme, qual Mata Hari, inebriando com o seu decote umbilical e o seu cinto largo, o alvo (o badochas) . Num confronto memorável, Badochas confiando no seu par de setes "que belas biscas me saíram", ao seu big blind soma toda a sua fortuna, aplicando um "all in" com um flick flack à retaguarda. A mesa pára. ( ouve-se  um pianissimo Hitchcock na flauta). Brunhild segura pelo seu  belo par de duques e outros, segue o Badochas e cada um revela a sua mão.

Badochas vai à frente.

O dealer mostra a 1ª carta. Rei de corações.

Sai a segunda carta, um valete de trevo de 3 folhas.

3ª carta sai o sete de alfinetes, tá ganho!

O Badochas limpou a mesa, o negócio está arruinado. Dra. Maria dos Prazeres num desespero, afunda-se na vodka preta. Ortlinde Sonotone canta o requiem de guerra do Britten. Tonilde assim como a sua canalização, vê o negócio a ir por água abaixo.

O dealer continua nervosamente a deitar cartas. Há um cheiro no ar.

Sai a 4ª carta e é nada mais, nada menos que um Duque ou 2. Os jogadores encontram-se empatados num trio, mas badochas continua à frente na recta da meta.

Ouve-se um rufar de tambores à virada da 5ªcarta : o 4º duque ou 2 !!!!

 

É O POKERALHO!

 

Badochas desmaia ao ver toda a sua vida a ser levada pelas lindas unhas pintadas a brumelho de brunhild! A mesa salta em exultação. Dra.Maria dos Prazeres "esgomita-se" de alegria Celiando-se ao melhor estilo de Matosinhos City. Ameijinhas dá inicio ao foguetório. Ortlinde muda agora para Freddy Mercury Friends will be friends. Tonilde recolhe os restos mortais nos seus tramparueres enquanto Brunhild elegantemente decide fazer um retiro espiritual longe das coisas mundanas, apanhando o primeiro avião para o seu habitat natural, New York. (ao som de um Frank Sinatra).

 

NDR: Ameijinhas, da próxima vez, menos alho por favor!

 

(este texto foi escrito a 4 mãos e mais 2 pequeninas e sem corretor ortográfico)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por Ortlinde às 23:08 | link do post | comentar

4 comentários:
De Brunhild a 16 de Junho de 2009 às 09:33
LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL

Lido assim, até parece que a gente se diverte quando fica em casa a jogar poker... :D

Belo relato! Memorável aquele poker por Brunhild... eheheheh

(Esse T2-Duplex funciona. Continuem a sociedade!)


De Bruno a 17 de Junho de 2009 às 11:24
a Brun tem razão, só mesmo para quem lá esteve! LOL ;D


De Brunhild a 17 de Junho de 2009 às 11:44
Pois! Era o que eu suspeitava... Este texto só é inteligível para quem esteve presente. E mesmo assim...
Está escrito em tonês... ahahahahahahah


De Gabi a 17 de Junho de 2009 às 13:50
Brunhild é valquíria para escolher New York. Mas eu jamais o faria. Retirar-me-ia espiritualmente para a Europa Romântica: Budapeste, Viena, Praga (do meu coração)...


Comentar post

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds