Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

- O ano de 2009 foi um ano bom. Mas 2010 será ainda melhor.

- (em tom irónico) O ano de 2009 foi um ano bom?! O que é que te aconteceu em 2009 de tão extraordinário? O que fizeste?

 

 

A olho nu, posso não ter feito grande coisa em 2009. Visto do lado de fora, pouca coisa aconteceu. E isso, por si só, poderá ser bom.

Mas não, algo aconteceu…

 

Foi um ano zero. O renascer. Alias, como todos os anos zero, foi ano de “res”: renascer, rejuvenescer, reinventar, ressuscitar, recuperar, reencontrar, recomeçar, renovar…

Um ano em que recuperei o bater do meu coração.

Sei agora, com toda a certeza, que quase morri. Deambulei pela vida semi-moribunda, num coma induzido.

No entanto, a vontade de viver foi maior. Não sou de desistir, lutei pela vida, que é minha. E aqui estou eu, novinha em folha. Melhor? Sem amargurar, sem azedar, livre de rancores, pela vida ou por outrem, livre de qualquer cinismo. Eis-me, fresquinha.

 

É muito bom sentir o meu coração bater. Bater de tão apertadinho que anda, bater por tão contentinho estar. Tanto faz. Desde que bata. E quanto mais alto bater, melhor.

 

Nesta nova vida, minha, reaprendi a valorizar o que tenho, em vez de suspirar pelo que não tenho. Tarefa fácil para quem tem a melhor família e os melhores amigos, do mundo.

 

E se, apesar dos argumentos apresentados, ainda houver quem não perceba os motivos que me levam a considerar o ano de 2009 como “bom”, eu posso dar mais um, mais prosaico: finalmente conheci Praga, a cidade que tantos atribuíram como minha. Curiosamente, foi esta a cidade natal desta minha nova vida.

 

Sim, 2009 foi um ano bom. Mas 2010 será ainda melhor…

 


sinto-me

publicado por Brunhild às 14:32 | link do post | comentar

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds