Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

Por falar em Beethoven, deixo Copying Beethoven.

Um filme (argumento ficcionado. Anna Holtz nunca existiu.) que dá para ficar com um leve ideia sobre a pesonalidade vincada e difícil do génio.

Eu gostei. Música por todos os lados...

 

"No key. It's common time, molto adagio, sotto voce. First violin, quarter notes. Middle C up to A. Measure. G up to C, tied, F. Second violin, bar two. Middle C up to A. Double note E, G, C. Viola clef, 2B pressed. It's a hymn of thanksgiving to God, for sparing me to finish my work. After the pianissimo, the canon resumes. First violin takes the theme. Viola, C to A. It's growing, gaining strength. Second violin, C to A, an octave higher. Then the struggle. First violin, C, up an octave, and then up to G. And the cello, down. Pulled down. Half notes, F, E, D. Pulled constantly down. And then, a voice, a single frail voice emerges, soaring above the sound. The striving continues, moving below the surface. Crescendo. First violin longing, pleading to God. And then, God answers. The clouds open. Loving hands reach down. We're raised up into heaven. Cello remains earthbound, but the other voices soar suspended, for an instant in which you can live forever. Earth does not exist. Time is timeless. And the hands that lifted you caress your face, mold them to the face of God. And you are at one. You are at peace. You're finally free"

 

 

PS - Alguém tem, e empresta à menina, o outro filme sobre Beethove, Immortal Beloved? (em português Minha Amada Imortal)



publicado por Brunhild às 16:30 | link do post | comentar

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds