Terça-feira, 3 de Março de 2009

1920 – O sutiã possuía um estilo garçonne, achatando os seios.

1930 – Surgem os bojos de enchimento e as estruturas de metal para aumentar o busto.

1950 – Os sutiãs tornam-se mais sedutores com o náilon.

1960 – Algumas feministas queimam em praça pública o sutiã, que consideravam símbolo da repressão masculina.

1990 – O sutiã retorna com força total no modelo “turbinado”, com diversos artifícios, serviam para levantar, aumentar e unir os seios.

2000 – Surge o modelo high-tech que estimula o crescimento da mama, que seca e absorve a transpiração, que hidrata os seios, entre outros.

A Triumph japonesa criou um sutiã com suporte para os pauzinhos, para sensibilizar os japoneses aos 3 ERRES, reduzir,reciclar, reutilizar.

Muitos sutiãs também têm servido de suporte, de bolsa, de esconderijo aos mais diversos objectos.

2009 - Algures na cidade do Porto surge o sutiã "quebra-cabeças".

"Onde está o fecho ?!".

Este é o sutiã que aumenta as horas de convivio, a busca do prazer e até a boa disposição . Lindo!

Desvantagens:

Um verdadeiro empecilho , um quebra-cabeças para os meninos que se querem aventurar a espreitar o que se esconde naquelas copas!

Vantagens:

A incessante e desenfreada procura do outro pelo dito fecho estimula o lado direito do nosso cérebro que nos faz rir e consequentemente desperta a intuição, o sentimento, a percepção e a sensação. Muuuuuito bom!

E tudo isto porque em 1889 a Madame Herminie Cadolle decidiu cortar a parte de cima do seu espartilho porque a estava a apertar!



publicado por Ortlinde às 11:54 | link do post | comentar

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds