Quinta-feira, 18 de Março de 2010

Após a morte prematura do seu irmão que culminou com a separação dos seus pais, Tyler (Robert Pattinson, da saga "Luz e Escuridão") sente-se perdido e descrente, com o mundo e consigo mesmo. A viver em Nova Iorque, é um jovem revoltado e com um relacionamento conflituoso com o seu pai (Pierce Brosnan), com quem não consegue comunicar. Até que conhece Ally (Emilie de Ravin), uma rapariga inspiradora e totalmente diferente de si, que soube lidar com os seus próprios traumas, usando o sofrimento de forma a perspectivar o mundo, vivendo cada dia como se fosse, de todos, o mais importante. Mas quando o amor cresce entre os dois e parece determinado a quebrar todas as defesas, terríveis segredos familiares irão separá-los...
Uma reflexão sobre como a tragédia tanto pode ser razão de união, como de separação numa família, e como o amor pode ser o único conciliador.

 

Sinopse de Lembra-te de Mim

 

 

Mas só se me prometerem uma sala sem meninas que gritam assim que Robert Pattinson aparece no ecrã. Vale?!...

 

 


* Talvez as chicks digguem this freaky, poetic crap. Ou talvez as chicks digguem pessoas capazes de sentir this freaky, poetic grap.

Estou um bocadinho repetitiva hoje, não estou?! Porque será?...



publicado por Brunhild às 14:11 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds