Quinta-feira, 9 de Julho de 2009

Tinha ela cerca de 2 anos e uns meses e já cantava como um rouxinol "quando for altura,  vou inscrever-te no conservatório!", disse eu, mãe babada.

 

Aos seis anos cantava ainda melhor e tocava algumas cantigas num pequeno teclado oferecido por mim, aprendia sozinha. Bem, não era bem sozinha, eu trauteava nota a nota, e a miúda esperta, ao fim do dia já tocava a musica inteira sem a minha ajuda.

 

Excitada por ser a progenitora de tamanha esperteza e sensibilidade, mal me cruzei com o pai falei-lhe da vontade e jeito que ela tinha e que o conservatório seria a melhor escolha nesta fase. Não ligou nenhum, ainda achou, não, ainda tinha a certeza que era coisa minha e blábláblá que agora não me apetece transcrever as bujardas que de vez em quando saem daquela boca. Carros isso sim, é que é!

 

Vim a saber mais tarde que quando o pai lhe perguntou sobre a musica, ela encolheu os ombros, como quem não se importava assim tanto. Eu nunca mais "toquei" no assunto.

 

Fiquei surpreeendida quando ela há umas semanas atrás me pediu para ir para o conservatório. Quer aprender a tocar um intrumento. "e qual ?" - perguntei - foi conferenciar com o Tone e depressa me diz  violoncelo!

 

Fui a correr inscrevê-la e no dia dos exames de admissão, lá vem ele outra vez blábláblá, que é muito novinha, que a escola já lhe ocupa muito tempo e que não contasse com ele ou com a família para andar com a criança para trás e para a frente. A família dele, que por acaso também é a família da minha filha, são os avós reformados, mas que  pelos vistos, na boca do pai da minha filha, não têm disponibilidade, porque da boca dos próprios eu nunca ouvi semelhante. E o avô é uma pessoa cheia de energia que se levanta cedo, todos os dias para trabalhar na garagem dos filhos, até os acompanha como mecânico até altas horas da madrugada sempre que eles participam em corridas de automóveis. Mas isto não interessa nada para o caso. Mas carros isso sim, é que é !

 

Não foi admitida. Eu fiquei triste, e ela mais ainda. Este ano as regras mudaram. O conservatório tem convénio com o ministério da educação e o ensino de música tem que acompanhar o ensino "normal".  Antes, qualquer criança/adulto sem formação musical mas com jeito para a musica entrava no conservatório, dependendo das vagas. Agora só as crianças com 6 anos entram nestas condições. A minha criança já tem 11 anos e como vai para o 6º foi sujeita a exame escrito e oral de 2ª grau, Não teve hipótese !

 

Apesar de caro, estou com muita vontade de a inscrever numa escola particular. E como ela tem talento, mais tarde e se quiser tenta novamente o conservatório, mas desta vez com a formação que lhe é exigida.

 

Ainda não percebi porque mudaram as regras. Mas sei que não é aos 6 anos de idade que uma criança tem maturidade para decidir se quer aprender isto ou aquilo. Devem lá estar muitos miúdos por vontade dos pais e sem talento algum!

 

As escolas particulares ficam a ganhar com esta mudança, vai haver mais crianças fora do prazo a decidirem aprender música.

 

"não te preocupes, és muito novinha, ainda tens muito tempo para aprender música" - disse-lhe o pai quando ela  telefonou a contar que não foi admitida. Carros isso sim é que é !

 

 

 

 

 

 

 


sinto-me

publicado por Ortlinde às 15:18 | link do post | comentar

5 comentários:
De Brunhild (vedada a entrada na cavalgada) a 9 de Julho de 2009 às 18:11
Violoncelo?!?!?!?! Humm... Era gaja para lhe arranjar um (bom) professor!!! Eheheheheh

É uma pena o nosso sistema de ensino não contemplar uma formação séria em música.

Uma das melhores escolas de música, segundo me disseram, é em Matosinhos. (não me recordo do nome da escola...) Há alguns elementos do Coro que são professores de música, posso perguntar.

Ela que não desista! ;)
Dá-lhe força. Nunca é tarde...


De Ortlinde a 9 de Julho de 2009 às 18:23
Óscar da Silva é o nome da escola , 107€ por mês para aulas de formação musical e violoncelo....já lá fui. são simpáticos e as intalações são excelentes.

Mas o minist.educação fez alterações para isso mesmo, para dar formação em musica à séria, mas só vão ter hipoteses os miúdos que se lembrem até ao 5ª ano de escolaridade, porque os outros ou já têm conhecimentos e são bons ou vão para escolas particulares, como é o caso da miúda.


De Brunhild (a exilada) a 9 de Julho de 2009 às 18:38
Sim, é essa a escola. Acabei de receber a resposta por sms.

Pois, quando eu falava em formação musical à seria nas escolas, referia-me a acabar com a palhaçada das flautas de Bisel e optar por ensinar o solfejo.
Utopias a la Brunhild....

A a escola na Casa da Torre da Marca?! Não sei como funciona aquilo, mas posso saber. Têm curso de música... Vou tentar saber! ;)

Espreita:

http://www.ccc.diocese-porto.pt/


De Brunhild (a exilada) a 9 de Julho de 2009 às 18:41
Acho que não dá para ela...
Tens o Conservatório de Gaia, mas também é particular.
Não está fácil! :(


De Bruno a 10 de Julho de 2009 às 10:22
tem muito tempo tem... humpf...

boa sorte aí com essa demanda :)


Comentar post

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds