Sexta-feira, 8 de Abril de 2011

 

"Drink up, young man.  It’ll make the whole seduction part less repugnant.”

-Clementine, Eternal Sunshine of the Spotless Mind

 

 

Eu um dia vou compreender. Juro que vou. Vou compreender porque vou dedicar-me seriamente a reflectir sobre isso. No porquê de as pessoas precisarem de se fazerem passar por quem não são, para sacar gajos/gajas. Sim, porque é p'ró menino e p'rá menina. Devem ter uma personalidade de porcaria, que necessita de maquilhagem, que não convém deixar mostrar.

Eles fazem-se valer do status, do sentido de humor, da aparente segurança pontuada por uma ligeira vulnerabilidade. Elas, falam em lingerie e vão ao cabeleireiro e à esteticista, porem-se bonitas. Que mundo mais fútil!

Que ninguém se dê a esse trabalho por mim, por favor. Porque eu jamais me darei a esse trabalho por alguém. Acho repugnante! Sedução de 5.ª categoria. Aliás, manipulação.

 

A sedução é feita olhos nos olhos, com poucas palavras e muitos silêncios. E, acima de tudo, muitas verdades, ditas a parecerem mentira, é certo. (E não o contrário.) É baseada naquilo que se insinua não dizendo do que naquilo que se deixa escapar, baseada naquilo que se mostra escondendo do que naquilo que se enscancara; É descobrir. Vontade de descobrir.

A sedução também vive para o momento. Para os bons momentos! Todos queremos passar (muitos) bons momentos. E, para isso, não é preciso fazermo-nos passar por quem não somos. O que é que fica depois?!... Nada. Vazio.

 

Mansinha, mansinha, deixa-me mais depressa a coragem numa crítica sinvera e bem construída do que meia dúzia de elogios retidos da algibeira.



publicado por Brunhild às 13:06 | link do post | comentar

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds