Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

Conheci um novo tipo de macho.
Para quem não sabe eu categorizo os homens, não vou agora enunciar porque não quero aborrecer.

Este macho é o tipo charmôsómisterioso, embora com ar desalinhado tem brio, o que o torna mais interessante ainda.

O tom de voz é baixo e melodioso. Sorri, não desata ás gargalhadas e até cora se lhe damos um piropo. Olha no olho quando fala para nós! brrrrrr que arrepio!

Há coisas fantásticas ! Não Há?!

Não, não há.

Isto é como aqueles microondas metalizados que ficam bem em qualquer cozinha, a custo económico, que ficamos tão entusiamadas que pegamos e levamos para casa mas depois quando começamos a usufruir dele, descobrimos que não tem grill, não descongela, que não coze o pão-de-ló, ou seja - é básico!

Este macho, que transpira charme até pelo poro nº9315, introvertido, concentrado no seu EU, em questões profundas sobre a sua existência e até sobre a da humanidade é um pateta que desabafa com o primeiro poste que encontra na rua !

De repente como por magia ele sente-se um iluminado, um ser do olimpo acima das massas comuns. Deve ter sido no momento em que o poste deu luz !



Categoria : O Calimero



publicado por Ortlinde às 11:53 | link do post | comentar

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds