Sábado, 25 de Abril de 2009

O inconveniente desta cidade é ser demasiado bonita. Tira-nos o fôlego. Dá vontade de ficar a contemplá-la.



O Douro de um lado, a cidade do outro. Vontade de correr, nenhuma. Os bancos de jardim a chamarem por mim. E quanto me apeteceu ceder... Fazer-lhes companhia, ver o tempo passar por mim, ao som de uma ou outra música. Mas resisti. E corri.



O mp3 a toda a hora a dizer-me que correr era estúpido, que eu devia dançar! Volta e meia, aliciava-me com uma ou outra música. Mas eu, resisti! E não dancei. Mas se calhar, devia ter dançado.



Corri em direcção à cidade, com todo o tempo do mundo, fazendo-me de difícil, adiando a entrega.


Ela, linda, linda... debaixo da ténue luz que se fazia sentir.


Absorvi tudo. Tudo! E voltei.



Já com pouca luz, corri atrás dela, em direcção ao mar.


Anoitecia na cidade e eu deixei que anoitecesse em mim também...


Não desperdicei nada.



Regressei a casa pelo caminho mais longo, coleccionando os raios solares que por ali pairavam, perdidos.


E a música na rádio. Apeteceu-me parar. Mas não parei.



Agora, noite cerrada lá fora, e em mim. Vestia o pijama e ficava aqui, como que de castigo. Sem jantar, sem fumar.


Assistisse a um filme: Nas Asas do Desejo. Acabado de comprar e ainda no plástico.


Mas eu gostava de assistir a este filme com o meu amor, o que está por vir. Talvez o deixe ficar dentro do plástico até ele chegar.


Então optaria pela música e por um livro.



Mas não vou ceder. E vou sair.


Sábado à noite é dos meus amores-amigos. Os outros amores já sabem disso.


Preciso destas horas com eles para sobreviver às outras, durante a semana.


Embora a noite já não me seduza, vale sempre pela companhia. E esta, vale sempre a pena.



publicado por Brunhild às 23:29 | link do post | comentar

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds