Terça-feira, 17 de Novembro de 2009

Ort & Tone,

 

Será que dava para me avisarem do dia oficial em que começaram a fazer essas coisas nojentas que vocês fazem, cheios de vontade, nomeadamente, olharem um para o outro como se não existisse nada mais importante ou mais ninguém à volta?! Como se não houvessem coisinhas melhores para fazer na vida!...

 

Agradecia imenso que me dissessem porque eu gostaria de assinalar essa efeméride também aqui no blogue.

Nesse dia quero agradecer, oficialmente, ao Tone por me ter roubado a Ort; E à Ort, por me ter roubado o Tone. E vice-versa.

Mas acima de tudo, quero, nesse dia, agradecer-lhes por me terem restituído a esperança.

 

Eternamente grata,

Brunhild



publicado por Brunhild às 13:34 | link do post

De prontossss a 17 de Novembro de 2009 às 14:34
agora há que por um travão nisto... arre que já é demais... foi num dia desses... sabes,... desses!!! ;)


De Ortlinde a 17 de Novembro de 2009 às 18:37
depois daquele concerto pavoroso no cace, eu tu, tone,prazeres e tone-mor.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds