Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Sofro de um mal terrível. Aliás, sofro de vários. E nenhum é, de facto, terrível. Mas, adiante.

Este, a que me refiro hoje, chama-se insónias.

 

Tenho temporadas delas. E, esta semana, começou uma nova temporada.

No fundo as ditas são como aquelas séries malditas, voltam sempre para só mais uma temporada.

 

Eu gosto das minhas insónias. Um dia, explico-vos, detalhadamente, porquê. Mas, basicamente, porque eu acho que dormir é um desperdício. Com tanta coisa para ver, ler, sentir, aprender, visitar, saber, falar, partilhar... Passar oito horas, ou cinco, três, seja as que forem, a dormir, é pura perda de tempo.

 

Em época de insónias, os meus sentidos ficam despertos (ou será ao contrário?!...) e o cérebro fica à mercê deles, a processar informação. O sistema entra em hiperactividade até ser batido pelo cansaço.

E, das duas, uma: ou cede o corpo primeiro e eu acabo numa crise de choro; ou cede a cabecinha pensadora e eu acabo numa crise de choro.

Uma coisa é certa: da crise de choro é que eu não escapo.

 

Contudo, é durante a minha fase de insónias que me surgem as mais belas revelações, à laia de epifanias. Sim, daquelas que não interessam nem ao senhor das mesmas. E, é certo e sabido, acabarão transcritas por estes lados. Porque eu sei que a vocês interessam, muito.

 

Ora, este discurso Obamistico para quê?

Para vos justificar a minha possível e/ou/talvez provável ausência deste nenúfar.

Durante esta fase fico (mais) introspectiva, totalmente absorvida por pensamentos e muito avessa a palavras.

Digamos assim: se eu soubesse concretamente o que os candidados às europeias pretendem fazer por lá, eu, a esta altura, (já) andava em reflexão.

 

Posso, no entanto, (quase) garantir que, depois da inundação, vem a abundância...

 

 

 

PS - Tenho a dizer-vos que este corrector ortográfico não vale a ponta das minhas insónias.


sinto-me com sono

publicado por Brunhild às 14:42 | link do post | comentar

8 comentários:
De Ortlinde a 5 de Junho de 2009 às 15:09
pôrra! e hoje que não podemos fazer o programa lusco fusco de 6ª!!

Mas no lusco-fusco de amanhã, se quiseres podemos cansar essa maldita insónia? Vamos levá-la até ao outro lado da margem? Queres?! queres?! queres?!
assim no lusco das 16 e qualquer coisa, porque amanha tenho que rumar para ilhamas por volta das 19h.


De Brunhild a 5 de Junho de 2009 às 15:12
quero! quero! quero! ;)
às 16 e qualquer coisa passo chez toi...


De a chuba! a 5 de Junho de 2009 às 17:11
Lebainde gabardine e galochas! ;D


De Ortlinde a 5 de Junho de 2009 às 17:12
porquê ?! bai xubêr?!


De A Troboada! a 5 de Junho de 2009 às 17:14
oh yeah dudette! num bês o boletinhe meterologico? ;)


De Brunhild a 5 de Junho de 2009 às 17:17
Em vez de corrida lenta, piscinas...


De Brunex a 5 de Junho de 2009 às 17:20
há cocktailes no bar da piscina! :D


De Brunhild a 5 de Junho de 2009 às 17:23
Isso, dá ideias! :D


Comentar post

mais sobre mim
cavalgadas recentes

Álbum: raízes

hold on to your dream

O efeito Gabriela

Cindafuckin'rella, precis...

Sonata de Outono

Olá!

...

paradoxos, incongruências...

espreitar

não gosto

ás vezes

O supremo verbo da humani...

as coisas que eu ouço

e esse Natal, como foi ?

Albúm de fotografias

reencarnação deferida

retratos da vida a 2

Toc Toc ?

leva-me aos fados

in a dark place #1

comentários recentes
A perda não foi minha. Esta, pelo menos. Mas um di...
Vive-se segurando a dor na dor dos outros. Tentand...
ah pois é! :)
ahhhh... a bela juventude!!! :P
e tu achas que eu não penso nisso? tenho mais medo...
porque alguém - Walt Disney?! - nos disse que para...
a ver por algumas parideiras que por aí e por aqui...
sim, se assim não fosse a humanidade não existia. ...
Maria, obrigada por leres o nosso blog. Beijinhos
Qual é o supremo verbo da humanidade, parir?!...Se...
outras cavalgadas
cavalgadas arquivadas
subscrever feeds